Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Dicas de Campanha / Geral / Vídeo

3 dicas para o roteiro do seu vídeo de financiamento coletivo

Toda boa campanha de financiamento coletivo é acompanhada de um bom vídeo. E todo bom vídeo nasce de um bom planejamento. De um roteiro.

Mas isso não quer dizer que você precise se tornar um cineasta e nem investir muito numa produção com super efeitos especiais. Vídeos feitos em celulares, se bem planejados, valem mais do que mil oscars!

Hoje vou falar de algumas dicas básicas de como preparar o roteiro para o seu vídeo de financiamento coletivo. A ideia aqui é você usar esse guia para escrever um roteiro, portanto o ideal é que você crie um documento que irá seguir você nessa jornada (pode ser no Word ou no Google Docs mesmo).

1. Escreva o conceito do seu filme antes de tudo

Antes de você partir para a filmagem, pense no conceito do seu filme. Ou seja, coloque no papel o porquê de você estar fazendo esse vídeo, como você irá fazê-lo e o que você irá falar. Não existe uma fórmula para escrever isso, mas tenha em mente que essa etapa não deveria passar de uma página! Imagine algo em tópicos, onde você iria responder:

  • Qual o objetivo desse vídeo?

  • Para quem você está fazendo esse vídeo? Tem ideia de quem irá assisti-lo?

  • Qual é o principal tópico que você irá abordar desse vídeo? (Pense que os primeiros 30 segundos são os momentos principais dele, logo você não pode tentar falar de muitas coisas. Explicar todas as recompensas do seu projeto por exemplo, pode não ser uma boa ideia, contar toda a sua história de vida também não!)

  • Qual a mensagem que você gostaria que as pessoas que assistiram captassem com seu vídeo?

  • Qual o clima do seu vídeo? (É sério? Engraçado? Acelerado? Calmo?)

 

2. Faça um roteiro simples e conciso

Tendo uma noção mais clara do conceito do filme, você pode então partir para escrever o roteiro. E nada de ultrapassar uma página novamente! Você não está enviando esse documento para concorrer em nenhum prêmio, logo a ideia aqui é simplesmente ter algo em mãos que te ajude na hora de filmar e finalizar o vídeo. Acredite, investir esse tempo agora irá te poupar ali na frente, pois você irá executar o vídeo de sua campanha com muito mais agilidade e assertividade.

As partes de um roteiro que são faladas devem ser escritas como a gente fala! Ou seja, escreva os diálogos da maneira como você gostaria de ser ouvido mesmo. O ideal também é que você identifique as partes de um vídeo no roteiro, além dar indicações de onde você quer imagens, crédito, música, etc.

Geralmente o roteiro é um documento que você pode entregar a alguém que irá filmar e editar e entender tudo o que tem que fazer somente lendo o roteiro. Mas, como estamos falando de algo mais “caseiro”, onde possivelmente você e a sua equipe serão as responsáveis por todo o processo, não precisa se preocupar em criar algo minucioso e nos moldes de uma produtora de cinema!

Se você não sabe por onde começar, dá uma olhada nesse roteiro que a gente mesmo escreveu aqui no Catarse quando fizemos o vídeo abaixo, em 2011! Você vai ver que não é uma obra-prima de documento, e que nem tudo que está no vídeo estava descrito no roteiro. No entanto, dá pra sentir que esse exercício de escrever o que a gente queria, antes de partir para a filmagem, ajudou muito o nosso trabalho!

3. Ensaie o vídeo antes de filmá-lo

Antes de partir para a filmagem, é super recomendado que você faça uma leitura do roteiro. De preferência, convida alguém que ainda não sabe sobre o vídeo para assistir a sua apresentação. Pode ser amigo, familiar, não importa! O que interessa é que você já exercite, nessa leitura, a noção de que o vídeo é essencialmente uma apresentação sua convidando pessoas a apoiarem a sua causa. Nesse ensaio do vídeo, o importante é você verificar se o caminho que você está seguindo irá te levar a um filme curto, claro e cativante. Tenha em mente que mais da metade das pessoas que derem play irão assistir apenas ao primeiro minuto de vídeo. Esse é seu “horário nobre”, a hora de fisgar a audiência e dar seu recado. Em média os vídeos de campanha têm entre 2 e 3 minutos de duração, tempo o bastante para trabalhar a mensagem e engajar o público.

EXTRA!

Se você está a procura de algum videomaker que possa te ajudar na produção de seu filme de financiamento coletivo, não deixe de conferir a Rede de Videomakers com curadoria do Catarse. Reunimos  o contato de gente que já fez vídeos para campanhas no Catarse e que pode te ajudar no seu projeto!

Rede de videomakers financiamento coletivo