Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Geral

6 projetos no ar para restaurar espaços de cultura e o poder transformador

Espaço Comum Luiz Estrela

Estão no ar neste momento seis projetos para a restauração de espaços de cultura. São convocações para chamar atenção das pessoas para a importância da reforma e da manutenção dos minguantes lugares de produção cultural nas inchadas e supervalorizadas cidades brasileiras.

Parte desses espaços oferecem atividades gratuitas aos seus frequentadores. O curioso é observar como o financiamento coletivo funciona aí como um catalisador da transformação do conceito de público através de um privado compartilhado. No Brasil, o público parece que não pertence a ninguém. O que a sociedade civil propõe aqui é justamente a mudança do conceito para que a coisa pública passe a significar de todos. É o empoderamento da comunidade para preservar diretamente aquilo que ela acha importante. A cultura é um belo lugar para se começar. O financiamento coletivo é pai do novo público. O financiamento coletivo é filho do novo privado. O grande poder transformador. =)

Tem algum lugar, casa, obra, estátua, monumento, praça, jardim, quadra, parquinho, que você acha que a reforma pode beneficiar o coletivo? Considere fazer uma campanha no Catarse para dar um tapa nesse espaço. Talvez mais pessoas pensem como você. Enquanto isso, apoie um projeto e curta o processo de transformação. Vai logo que os prazos estão acabando ;)

 

Espaço Comum Luiz Estrela

Um espaço livre de formação artística, aberto e autogestionado que ocupa um casarão tombado em Belo Horizonte e que estava abandonada pelo governo do Estado há 19 anos. O imóvel está interditado por risco de desabamento. Ajude a salvá-lo e a manter as atividades.

 

Sinfonia da reforma

Referência na formação gratuita de crianças e jovens como músicos de orquestra há 40 anos, a Escola de Música da Orquestra Sinfônica de Porto Alegre voltou à ativa após nove anos fechada. A estrutura do antigo prédio, porém, está longe da ideal. Apesar de ser o berço musical de grandes instrumentistas, o imóvel atualmente se encontra com sérios danos em sua fiação elétrica, paredes e janelas. Vamos reformar juntos essa escola e garantir o futuro de grandes músicos.

 

Vizinhança

Também em Porto Alegre, o projeto Vizinhança reúne vizinhos e artistas para transformar espaços ociosos em lugares cheios de vida e criar ambientes de troca e compartilhamento. Já foram realizadas cinco edições em cinco bairros da cidade. Mais de 2000 pessoas já passaram pelo projeto e 200 artistas realizaram algum tipo de atividade. Eles querem sua ajuda para fazer mais duas edições do projeto.

 

Teatro do Incêndio

Com 18 anos de estrada, a Cia. Teatro do Incêndio luta pra não deixar o fogo se apagar. Antes mesmo da inauguração, a nova sede na rua da Consolação ficou alagada num temporal em fevereiro. Em vez de mais um prédio fechado em São Paulo, ajude a companhia a abrir as portas de um teatro multimídia em que público pode entrar com sua bebida, tirar os sapatos e a camisa, mudar de lugar e ficar lá depois que a peça acabar.

 

Um palco sem cupim e um teto que não caia em mim

Localizado entre o centro e a periferia de Santa Maria (RS), o Espaço Cultural Victorio Faccin tem anos de trabalho destinado à descentralização da arte. O palco e o telhado da sede de dois grupos, porém, está tomada de cupins. Ajude a reformar esse importante espaço cultural da cidade.

 

Museu dos Ossos de Boipeba


Uma das casas de pau-a-pique da baiana Ilha de Boipeba esconde um inusitado tesouro cultural: o Museu dos Ossos de Seu Tavinho. O local reúne um acervo de ossadas que vão desde pequenos répteis até uma baleia. Essas relíquias, no entanto, estão ameaçadas. Devido às fortes chuvas, o telhado do museu necessita de reformas urgentes e você pode ajudar.