Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Dicas de Campanha / Geral

7 lições para fazer uma campanha recordista no Catarse

Se você está pensando em colocar uma campanha no ar, já pode salvar essa página no Favoritos do seu navegador ou imprimir e pregar na parede. Reunimos abaixo sete lições de uma equipe de realizadores estrelada do Catarse: Matteo Gavazzi, Milena Leonel, Ana Clara Queiroz, Carolina Mossin e Emiliano Hagge – os responsáveis pelo projeto Prédios de São Paulo. A campanha para o último livro da trilogia que homenageia a arquitetura e a história da capital paulista está no ar até o dia 31 de outubro e já é a maior campanha de Arquitetura da história do Catarse. Experientes em planejar e executar projetos de financiamento coletivo, esse time de profissionais tem muito a manha de se comunicar com o próprio público antes, durante e depois das campanhas.

Pedimos a eles que listassem as ações e comportamentos que os levaram a ser tão bem-sucedidos e queridos pelos apoiadores:

1) Crie um projeto de qualidade. Isso implica em produzir bastante conteúdo e de maneira profissional, muito antes de seu projeto ir ao ar no Catarse. No final das contas, por que alguém deveria apoiar uma ideia se nao sabe se você tem capacidade de entregar o que promete? (Logos, sites, fotos, peças gráficas precisam demonstrar a qualidade do seu projeto, nada pode ser deixado ao acaso).

22195980_2062549200647688_4704677481103482694_n

2) Crie uma rede e se interesse pelo seu público. Divulgue seu projeto nas redes sociais que têm aderência com seu público e vá agregando conteúdo e conversando com quem se interessar pelo assunto. Você precisa se colocar na ótica de criar amigos e não simplesmente seguidores. Esse será o primeiro termômetro da situação. Neste ponto você já vai entender se a ideia proposta faz sentido.

3) Faça a lição de casa. Você precisa conhecer tudo (ou quase tudo) do tema que se propõe a abordar. Se você não é um expert, provavelmente vai ter que contratar alguns para te auxiliar na jornada.

4) Financiamento coletivo tem a ver com comunidades. E a primeira delas é a sua. Pode parecer algo banal, mas um dos aspectos mais importantes de uma campanha é a sua equipe. Você precisa de muita gente boa, bem alinhada e determinada a tirar o projeto do papel. É um esforço enorme e todos precisam entender que o objetivo final é ver o projeto realizado. Não existe “eu”, “você” ou “ele” durante os dias de campanha. Todos precisam carregar pedra e beber água. Claro que é preciso levar em conta as capacidades de cada um, mas é preciso também contar com a igual dedicação de todos. Os egos precisam ser colocados de lado e o dinheiro nunca poderá ser o foco final, já que os orçamentos precisam estar espremidos e contidos ao máximo. Afinal de contas, o principal é fazer acontecer.

5) Seja uma formiguinha disciplinada. Se você acha que basta ter uma grande ideia, formatar no Catarse e deixar a coisa rolar sozinha, tenho uma má notícia: você não poderia estar mais enganado. A realidade é que você vai precisar contactar – uma a uma – todas as pessoas que curtem o seu projeto de forma simpática e oferecendo algo que realmente interesse e esteja ao seu alcance. Além disso, precisará se colocar à disposição das pessoas para explicar tudo o que for necessário. Se realmente tiver paixão genuína pelo que faz, isso não será um problema, aliás será algo natural, mas vai demorar horas e dias e semanas de campanha quase que integralmente dedicadas a isso. Coloque isso no seu cronograma e agenda pois, provavelmente, devido ao seu trabalho, rotina etc, você não irá dormir durante o tempo de duração da campanha no Catarse.

6) Conecte os pontos: quais empresas poderiam se interessar em patrocinar o seu projeto? O que você tem para oferecer como uma grande oportunidade? Essas duas respostas em conjunto podem lhe assegurar uma porcentagem do financiamento garantida antes mesmo que a campanha vá ao ar.

7) Após tudo isso, não esqueça: os primeiros dias da campanha são essenciais. É fundamental fazer uma pré-campanha e criar a expectativa sobre o seu “produto”. Feito isso, concentre-se e programe-se para as primeiras 48/72 horas de largada. Salvo raras exceções, esse será o momento da verdade sobre o seu projeto.

_________________________________________________________________________

A campanha de financiamento coletivo para o livro Prédios de São Paulo – Volume 3 fica aberta no Catarse até terça-feira, 31/outubro. Ainda dá tempo de garantir seu exemplar ou a trilogia completa neste link: catar.se/trilogiaprediosdesp