Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Geral / Histórias de Projetos / Novidades Catarse

Canal Wings For Change e uma nova forma de investimento social privado

Home   Insituto Asas

Há cerca de um ano (22/4/2013), ia ao ar o Canal Asas, um espaço dentro do Catarse onde o Instituto Asas atuaria apoiando projetos através do financiamento coletivo. Era a proposta de solução para um desafio que começou a ser discutido oito meses antes: como fazer com que um instituto que faz investimento social privado dialogue com a dinâmica do financiamento coletivo?

Tradicionalmente, o investimento social privado se dá de cima pra baixo e o investidor mete a mão no projeto do investido. “Põe minha marca ali, tira isso, coloca aquilo” são algumas das frases comumente escutadas por quem tá buscando viabilizar seu projeto. Mas o financiamento coletivo não é assim. Se trata de autonomia e independência. É contar com a ajuda das pessoas para financiar a proposta que você colocou claramente no seu projeto.

A resposta do Canal Asas para o desafio não apenas deu certo para integrar os dois mundos, mas também criou uma nova forma de fazer investimento social privado – uma na qual a relação entre quem apoia e quem recebe está nivelada, sem invasões.

A brincadeira é a seguinte: o Asas investe em projetos que geram impacto positivo de forma inovadora. Projetos criativamente transformadores. De abril a dezembro de 2013, foram escolhidos mensalmente três projetos no Catarse que tinham esse perfil para entrarem no Canal Asas. Ao entrar, o projeto recebe dicas de como potencializar sua campanha, e quando atinge 80% de sua meta, o Asas apoia com os 20% faltantes. A ideia é dar um empurrãozinho inicial dando dicas de campanha, e um empurrãozinho final completando com $.

O saldo foi muito positivo! Foram 24 projetos financiados no Canal Asas por 4.137 apoiadores, que apoiaram com um total de R$427.927! Os realizadores de projetos que foram selecionados para o Canal Asas sequênciaram 1 genoma, fizeram 2 livros, 4 filmes e 6 intervenções urbanas, pimparam 30 carroças, realizaram 3 projetos de consumo sustentável e economia solidária, construíram 5 casas, mobilizaram mais de mil pessoas em 11 cidades para transformar comunidades, percorreram o sertão do Brasil em um rally social, ensinaram agricultura sustentável para 17 moradores de regiões florestais, montaram uma sede de informática em uma ocupação urbana e montaram uma piscina olímpica no minhocão, em SP.

Além disso, o modelo de investimento social privado através do financiamento coletivo deu tão certo que a Fundação Telefônica decidiu apoiar o Canal em 2014.

Falando em 2014, temos novidades

A primeira é que o Canal Asas virou o Canal Wings for Change. Wings for Change® é a plataforma que o Instituto Asas criou esse ano pra reunir, a partir de agora, todos nossos projetos que oferecem oportunidades inovadoras para transformadores de atitude. Os projetos que fazem parte da plataforma Wings for Change® buscam a vanguarda no campo do empreendedorismo social, são experimentais e criam novas narrativas.  O Canal agora faz parte dessa família.

A segunda é que, fora as dicas de campanha e o gatilho de 20%, o Canal Wings for Change vai oferecer também um post patrocinado no facebook pra cada projeto, postado a partir da Fan Page de Facebook do Catarse, que tem cerca de 90 mil seguidores. O objetivo é fazer uma divulgação que some na campanha, potencializando seus resultados.

Por último, mas não menos importante, vamos realizar duas confraternizações em SP, para que os realizadores dos projetos que entraram no Canal se conheçam. Acreditamos no conceito de comunidade, em que as trocas e os resultados se potencializam.

Nessa linha de comunidade, o Catarse criou o botão “Seguir” nos Canais. Esse botão é uma forma de facilitar a comunicação entre o gestor do Canal e quem gostou da ideia (realizadores, apoiadores e entusiastas). Apostamos bastante nessa ideia, para conseguir criar comunidades temáticas no Catarse.

E aí, curtiu? Entra lá no Canal Wings for Change, clica no botão Seguir, dá uma olhada nos projetos, e se tiver um, envie que a gente olha.

P.S: Os canais do Catarse evoluíram para os perfis de usuários, onde agora também é possível reunir os projetos que você apoia e realizar uma série de alterações para customizar sua página. Leia mais aqui.