Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Geral / Novidades Catarse

Comunicado: diminuindo o limite do prazo máximo que um projeto pode ficar no ar

Pessoal, estamos quase completando um ano de vida e entre tantas outras revisões e novidades aproveitamos para abrir a semana com esta notícia de bastante relevância, pois altera uma das regras da plataforma. A partir da data de hoje, os projetos que entrarem no ar no Catarse terão o prazo máximo de captação reduzido de 90 para 60 dias.

Por que estamos fazendo isso?

O nosso objetivo principal é elevar a taxa de sucesso dos projetos. Ou seja, facilitar a vida para os realizadores. Depois de um ano em operação, pudemos chegar a algumas conclusões que ajudam a estipular e imaginar caminhos a serem seguidos.

Após conversas com usuários da plataforma e um ano de acompanhamento das campanhas de cada projeto, ficou evidente uma certa semelhança de comportamento nas curvas de arrecadação. Vejam o exemplo abaixo de um dos destaques de 2011, o projeto Achados e Perdidos:

Apesar de alguns breves picos no período intermediário de captação, o grosso dos inputs financeiros está concentrado na fase inicial e na fase final da campanha. Esse quadro, com raríssimas exceções e algumas variações, se repete de projeto em projeto.

Através de contatos com os proponentes, percebemos que o prazo de captação de 90 dias acaba sendo muito desgastante para o realizador, que utiliza mesmo, pra valer, os primeiros e os últimos momentos da campanha. O intervalo demorado entre essas fases de maior movimentação financeira por parte dos apoiadores atrapalhou alguns realizadores, que prefeririam, olhando retrospectivamente, ter concentrado os esforços de divulgação num espaço mais curto de tempo.

Isso não quer dizer que não houve projetos de 90 dias bem sucedidos. Mas é importante destacar que, em geral, o prazo de captação médio dos projetos bem sucedidos aqui no Catarse foi de 40 dias. E apesar de diversos elementos inconstantes que não permitem criar uma fórmula certa de sucesso, a redução do prazo é mais um passo para dar um gás no processo de campanha dos projetos no Catarse. No mínimo, esta redução fará com que os realizadores percam menos tempo e melhorem o planejamento de divulgação.

Em junho do ano passado o Kickstarter alterou os seus prazos de captação de recursos de 90 para 60 dias, após dois anos de atuação da plataforma. Sugerimos o post no blog do Kickstarter pra quem estiver interessado no assunto. Vale a pena dar uma olhada, até porque os argumentos apresentados por lá certamente pesaram na nossa decisão.