Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Geral / Livre

Como explicar crowdfunding para sua avó

- Crowd o quê? Crowdfunding? É alguma coisa de computador?

- É meio que de computador sim, mas não é só de computador. É muito mais do que isso, vó! Crowdfunding é uma palavra dessas chiques que o pessoal aqui no Brasil usa, mas na verdade a gente tem um termo em português pra isso: Financiamento Coletivo.

- Então crowdfunding é um banco?

- Tem a ver com dinheiro, mas não é um banco. Hmmmm… Para te dar uma palavra ainda melhor: financiamento coletivo é tipo uma vaquinha! Inclusive o pessoal do Catarse, que é uma empresa de financiamento coletivo bem legal aqui do Brasil, tem uma frase ótima: Crowdfunding is the new vaquinha!

- Hahaha.. Boa! Então crowdfunding é tipo uma vaquinha que tem a ver com computador? Não entendi direito, mas já to começando a pescar a ideia.

- É por aí. Então, vamos seguir no exemplo da vaquinha. Vamos supôr que você quer juntar R$500 para comprar carne para o churrasco da sua família no próximo domingo. Você tem aí o objetivo (churrasco), o valor (R$500), o pessoal que vai colocar o dinheiro (provavelmente seus familiares e alguns amigos) e a data (o próximo domingo). E aí, o que você precisa fazer?

- Ué, falar com essas pessoas todas pra arrumar esse dinheiro a tempo de comprar a carne antes do domingo!

- Isso!!! Agora imagina se você pudesse coletar o dinheiro desse pessoal num site da internet com cartão de crédito ou boleto bancário? E, ainda por cima, pudesse oferecer recompensas para quem colocasse dinheiro.

- Como assim recompensa?

- Do tipo… Imagina que um primo seu curtiu a ideia da vaquinha e colocou uns R$80. De repente você podia oferecer para ele um agradinho por ele ter sido generoso né? Tipo uma daquelas fotografias antigas e bonitas que a senhora tem.

- Hmmm.. é uma boa ideia.. Assim acho que até consigo o dinheiro do churrasco mais rápido né… Mas preciso oferecer só pro meu primo?

grandmother-923871_960_720

- Não!!! Você pode oferecer pra qualquer valor. Imagina – quem der R$10 pode ganhar uma ficha da sinuca que você tem lá na sua casa. Quem der R$20 vai ganhar uma fatia especial do seu bolo, e por aí vai! Sacou o espírito?

- Sim! É um jeito de deixar a coisa mais divertida né? Então é uma vaquinha que tem que oferecer recompensa?

- Você não precisa oferecer recompensa.. Mas como você falou, fica mais divertido se você oferece.. Vira quase um jogo, onde a ideia é conseguir o dinheiro, tirar o projeto do papel e ainda juntar pessoas que se sentem parte da realização da ideia.

- Projeto? Como assim? A gente tava falando de churrasco e agora você vem falar de projeto?

- Hahaha.. Churrasco foi só o exemplo mesmo da vaquinha… Agora imagina se você pudesse usar esse mesmo site da internet para juntar dinheiro para qualquer coisa com a ajuda de qualquer pessoa de qualquer lugar do Brasil (ou do mundo quem sabe)?

- Uau.. Parece bem interessante hein! Mas que tipo de coisa? E funciona isso? Já tem gente usando?

- Super funciona! Nesse site Catarse que eu falei já teve mais de 2500 projetos de todo o Brasil que conseguiram alcançar o objetivo deles! Foram mais de R$42 milhões apoiados por mais de 280.000 pessoas!

- Nossa! Quanta vaquinha boa hein rsrs!

- Sim! Já teve de tudo por lá! Projeto de doutorado, livro infantojuvenil sobre o casamento de uma costureira e uma princesa negra, bandas famosas gravando CD, um monte de filme de cinema universitário, um casal viajando o mundo e tirando fotos, várias histórias em quadrinhos, atendimento médico a comunidades isoladas (ou a uma criança linda que precisava de uma cirurgia especial), produção de bicicletas, óculos, filme de animação no Oscar, investigações jornalísticas, mudanças urbanas, música, dicionários.. Ufa! É tanta coisa que eu até me perco vó!

- Estou impressionada! Não sabia de nada disso.. Como a internet é maravilhosa né!

- Maravilhosa! Agora pra ficar mais maravilhoso ainda, que tal você apoiar o meu projeto que está no Catarse, hein? Aceita boleto e pode parcelar em até 3 vezes!

- Hahaha.. Você é bem esperta! Claro que eu posso apoiar!!! Depois dessa explicação, como eu não apoiaria?