Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Geral / Novidades Catarse

Estamos contratando dois estagiários e um contador de histórias

Equipe na estufa

Os ventos do crescimento sopraram forte para o Catarse em 2014. Apenas no último ano, tivemos 42% dos projetos que passaram pela plataforma e 48% de todo dinheiro movimentado nos nossos quatro anos de história. O que nos trouxe até aqui, no entanto, não nos levará pelos mares nunca dantes navegados da economia criativa brasileira. É por isso que estamos convocando novos marujos a se juntarem à louca nau catártica na doce missão de levar o financiamento coletivo para todas as ideias criativas do país.

No momento temos três vagas abertas, duas de estágio (Suporte à Comunidade e Curadoria de Projetos) e uma para profissional formado (Contador de Histórias). Aqui estão os formulários de inscrição para todas elas.  As inscrições podem ser feitas até domingo 18/01/2015. Os candidatos devem se sentir confortáveis em trabalhar em um ambiente de startup: escritório sem luxo, ter que botar a mão na massa, ter processos mudando com rapidez e não ter equipe infinita pra resolver tudo.

 

Estagiário de Suporte à Comunidade

A missão dessa vaga é resolver problemas e dúvidas de apoiadores, realizadores e entusiastas do Catarse de forma ágil, clara e empática. Buscamos alguém que esteja cursando ou vai iniciar em 2015 o ensino superior de qualquer curso. Uma pessoa que se identifique com o trabalho do Catarse, goste de ter problemas complexos para resolver e seja organizada. O local de trabalho é no escritório do Catarse em em São Paulo, na Vila Madalena, ou no escritório do Rio de Janeiro, em Laranjeiras.

 

Estagiário da Curadoria de Projetos

O objetivo da vaga é analisar projetos com o objetivo de empoderar realizadores para iniciar uma campanha de financiamento coletivo no Catarse. Estamos em busca de alguém que goste e tenha familiaridade com o mundo nerd e tecnológico, que esteja cursando ou vai iniciar em 2015 o ensino superior de qualquer curso e que queira muito ser parte do processo de construção de uma cultura de colaboração no Brasil por meio do financiamento coletivo de projetos. No dia-a-dia, a pessoa vai responder realizadores que enviam seus projetos para o Catarse, participando de todo o processo de curadoria, desde a abordagem inicial, até subir o projeto para o site (e em vários casos apontar por que o projeto dele não foi aprovado). É importante aqui saber lidar com a ansiedade e a expectativa de pessoas. O local de trabalho é no escritório do Catarse em São Paulo, na Vila Madalena, ou no escritório do Rio de Janeiro, em Laranjeiras.

 

Contador de Histórias do Catarse

Procuramos alguém para nos ajudar a buscar, apurar e construir as narrativas sobre projetos, pessoas e acontecimentos no Catarse. Uma pessoa que se interessa por economia criativa, colaborativa, crowdfunding, crowdsourcing e de estudar o que acontece nesses setores no Brasil e no mundo. É uma vaga de relação próxima com a imprensa e comunidade da plataforma e de produção e distribuição consistentes de conteúdo. Local de trabalho é no escritório do Catarse em São Paulo, na Vila Madalena.