Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Geral / Histórias de Projetos

Financiamento coletivo é caminho para Ativismo Socioambiental

O ativismo sofre de muito amor e pouco dinheiro. Indivíduos, grupos e organizações ativistas muitas vezes exercem suas funções com pouca ou nenhuma remuneração, e dependem de voluntários e de doações para seguirem em suas lutas diárias.

Apesar de ser oxigênio para transformações positivas que queremos ver na sociedade, o ativismo não é uma prática muito sedutora para o sistema tradicional de patrocínio cultural de empresas ou de editais públicos. Isso acontece, em grande parte, porque ativistas discutem justamente a contribuição de grandes corporações e do governo na construção dos problemas sociais, ambientais e econômicos que vivemos. E desafiam estes problemas através de ações diretas, campanhas, ações de comunicação e articulações comunitárias, buscando pressionar os tomadores de decisão e fortalecer a sociedade civil.

Por não depender financeiramente de governos e de grandes corporações, o crowdfunding permite que projetos ativistas sejam financiados diretamente pela sociedade civil. Pessoas dando dinheiro para projetos que elas querem ver acontecer. Não só dinheiro. Dando também uma demonstração de que apoiam aquela causa, de que ela ressoa.

 

Acreditamos que o financiamento coletivo é uma importante ferramenta para a realização de projetos ativistas.

Semana passada lançamos o Edital Matchfunding Ativismo Socioambiental, junto com a Escola de Ativismo e os parceiros de comunicação Greenpeace, Engajamundo e Bike Anjo: uma iniciativa que visa incentivar o desenvolvimento de projetos ativistas que incidam na questão das mudanças climáticas e áreas relacionadas a elas nos temas de mobilidade, resíduos sólidos e infraestrutura. Caso interesse a você, dá uma olhada no site, pois lá tem mais informações. OBS: As inscrições acabam no próximo dia 20 de março.

Uma das dúvidas que surgiu nessa última semana foi “Que tipo de projeto pode se inscrever no Edital?” A resposta a essa pergunta é bem ampla. Ativismo é prática política no espaço público – definição que abarca muitas possibilidade. Nós enxergamos projetos relacionados a causas de geração de energia, de plantio, agricultura, sementes. Projetos que enfrentem o impacto de grandes obras de infraestrutura e mineração. Projetos que fortaleçam povos indígenas. Articulações comunitárias para abordar problemas de saneamento, coleta de resíduos, moradia sustentável. Lutas por áreas verdes urbanas. Ou pela questão da mobilidade, do cicloativismo. Pode ser um espaço, uma intervenção, uma ação direta, uma campanha de pressão do poder público. Você pode querer fazer um evento, uma campanha de comunicação. Pode ser um processo de aprendizagem e formação de pessoas para atuarem na causa. E a lista continua. Tudo depende das propostas enviadas.

Para inspirar, preparamos abaixo uma lista com alguns projetos ativistas que passaram pelo Catarse. Esse é só um recorte do que enxergamos que se enquadra no Edital.

 

Curso de Ativismo para Sustentabilidade

Seja você também um agente da mudança de que o mundo precisa. Apoie e participe da formação de ativistas para a sustentabilidade.

 

 

Projeto Passo a Passo

Incentivando a caminhada como forma de deslocamento.

 

 

Caravana Agroecológica rumo ao Vale do Ribeira

Uma caravana de sabores e saberes para fortalecer agricultores e promover a agroecologia no Sudeste.

MULTIPLICA! – Cultivando a sabedoria da terra

Multiplicar conhecimento, sementes crioulas, sabedoria ancestral, soberania alimentar, respeito, biodiversidade, cultura e iniciativas.

Rebrotando Olhos D`agua – Movimento Ciclovida

Ajude o Movimento Ciclovida a salvar as sementes criolas. Construção de artquifero em Pentecostes CE

 

 

Arpilleras: bordando a resistência

BORDAR, ATO TRANSGRESSOR?

 

 

Projeto Nossa Horta

Inclusão e agroecologia: pessoas “com deficiência” quebrando paradigmas e contribuindo para o desenvolvimento sustentável de sua comunidade.

 

Boraplantar

Mutirão que vai plantar 1000 árvores em mananciais de Áreas Proteção Permanente em Parelheiros (SP)

 

 

RAIZ DAS IMAGENS – Fortalecendo nossa Raiz cultural (Etapa Xavante)

Um trabalho de “cinema-ação” para fortalecer as raízes do povo brasileiro, onde a camera é instrumento de auto-reflexao e consciência.

 

 

Bike Arte

Tirem as crianças da Sala! Vem aí o Bike Arte 2014 e você pode fazer ele ainda mais colaborativo esse ano!

BikeAnjo

Experimente uma vida sem trânsito, prática e saudável: use a bicicleta como meio de transporte. O Bike Anjo te ajuda a começar!

E para os mais curiosos, essa lista ainda continua abaixo: