Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Geral / Histórias de Projetos

LSD, crowdfunding e bicicletas

172_0

O dia 19 de abril é comemorado mundialmente como o Dia da Bicicleta. O que muitos não sabem, no entanto, é que a origem da data está ligada a experimentos com LSD. No dia 19 de abril de 1943, o químico Albert Hoffman decidiu ingerir 250 microgramas da droga para testar seus efeitos. Hoffman só começou a sentir grandes alterações no caminho de bicicleta de volta para casa. Apesar dos delírios, ele não sofreu nenhum dano com a experiência, mas a data entrou para a história como o Dia da Bicicleta. Para celebrar, convidamos nossos leitores a participar de uma pequena viagem por projetos relacionados a bikes que foram financiados via crowdfunding aqui no Catarse.

Transite @s Brasileir@s e suas Bicicletas

Há quase dois anos, o fotógrafo Felipe Baenninger saiu de casa com a missão de viajar pelo país registrando a relaçao entre ciclistas e suas bicicletas nas diferentes regiões do país. Claro que o transporte utilizado não podia ser outro: Felipe já viajou milhares de quilômetros de bicicleta pelo país. A arrecadaçao foi dividida em três etapas, duas já finalizadas no Catarse.

  Vela Bikes

A Vela Bikes veio ao Catarse para viabilizar a fabricação do primeiro modelo de bicicleta eletrônica da marca, que tem design caprichado e autonomia de cerca de 30 km, O projeto fez sucesso, superando em quase R$ 10 mil a meta de R$ 35.765. Doze apoiadores desembolsaram quantias na faixa de R$3 mil para garantir uma unidade da bike.

Bike Arte

Organizado pelo instituto aromeiazero, o Bike arte acontece desde 2012. Na terceira edição, o grupo apostou no financiamento coletivo via Catarse para realizar uma festa de rua no Largo da Batata.

BikeAnjo

 Se você se interessa por mobilidade urbana, provavelmente já ouviu falar do BikeAnjo. De maneira voluntária, ciclistas experientes auxiliam novatos a usar a bicicleta no dia a dia. A plataforma da iniciativa foi financiada no Catarse, em 2011.

 

Sobre seis rodas

Três amigos de infância partiram de São Paulo em suas bicicletas com destino à fronteira do México com os EUA. Para registrar a jornada em vídeo, criaram uma campanha noCatarse. A proposta é lançar um documentário com as imagens ao final da viagem – previsto para dezembro deste ano. O último diário de bordo publicado pelo grupo relata a viagem de Assuncion para San Pedro de Atacama.

Faça estas bicicletas aparecerem

O projeto Faça estas bicicletas aparecerem junta propostas inteligentes para solucionar problemas de mobilidade urbana em Curitiba. Organizado pela Rede de Estudantes de Intercâmbio, a iniciativa propõe a reforma de bicicletas abandonadas para que sejam disponibilizadas para empréstimo. O público-alvo são estudantes estrangeiros, que podem alugar as bikes por até 6 meses, ao invés de ter que comprar e revender uma bicicleta.

 

Fóruns

Diversos fóruns de bicicleta já foram financiados pelo Catarse. Só em Porto Alegre, foram duas edições mundiais. Curitiba também recebeu um encontro internacional graças ao financiamento coletivo. As iniciativas não se limitam à região Sul, o II Forum Sergipano de Bicicleta, em Aracaju, também foi realizado graças a um crowdfunding no Catarse.

 

Peças

A Graphic Novel Peças conta a história de um manequim que tem sua bicicleta roubada. O projeto foi realizado em parceria com o instituto aromeiazero e financiado no fim do ano passado no Catarse. Um de seus criadores, Thiago Cascabulho, recentemente desenvolveu um serviço de vídeos para crowdfunding, que ele explica em texto em nosso blog.

 

Bicicloteca

Bicicloteca precisa de Você! from Green Mobility Institute on Vimeo.

A Bicicloteca é um projeto de um biblioteca itinerante que está em vários lugares do país. Em 2012, o projeto recorreu ao Catarse para financiar a compra de armários para o acervo de livros. A bicicleta que carrega livros por aí já foi destaque na mídia em diversos lugares.