Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Geral / Histórias de Projetos

Novos e Fresquinhos!

Na semana passada, entraram no ar no Catarse 16 projetos, sendo sete deles de música. Os nossos destaques entre os novos e fresquinhos, porém, misturam diferentes áreas e artes para buscar o seu financiamento colaborativo.

A Tupigrafia quer chegar até você

Depois de 12 anos na guerrilha em busca de financiamento para cada edição, a Tupigrafia, revista brasileira de tipografia, caligrafia e type design, chega ao número 10 e quer alcançar os quatro cantos do Brasil e conquistar novos leitores.

Para conseguir isso, os produtores da revista que divulga as principais iniciativas brasileiras nessas áreas e traz o melhor do cenário tipográfico internacional abriu o baú para oferecer alguns itens de colecionador, como pôsteres de lançamentos passados e publicações raras, produzidas em pequena tiragem e impressas com tipos de metal e madeira.

Se você curte tipografia, não pode perder essa chance.

Thomás Tristonho

E se tudo que você tocasse entristecesse? Só essa pergunta provocadora foi o suficiente para nos apaixonarmos pelo projeto. Os realizadores do Thomás Tristonho, no entanto, foram muito além.

O projeto envolve um curta-metragem de ficção com o mesmo nome e enredo, um livro infantil com trilhas sonoras originais e o portal “O que é Tristeza Pra Você” – uma série de minidocumentários sobre a tristeza.

Triste mesmo será se essa iniciativa não for financiada… Apoia lá!

Gari Muccioloco

Através de um espetáculo de linguagem circense, teatral, lúdica e humorada, o projeto Gari Muccioloco questiona a invisibilidade dos profissionais da limpeza urbana.

Inspirado livremente na obra “Homens invisíveis: retratos de uma humilhação social”, de Fernando Braga da Costa, e complementado por uma pesquisa de campo com garis da cidade de São Paulo, o artista Pedro Muccioloco criou o projeto para abordar temas como o preconceito, exclusão social e sustentabilidade. Tudo a ver com o Catarse o com o financiamento colaborativo.

Cinema Universitário

O quarto e último destaque não é um projeto, mas um nicho que parece ter encontrado no financiamento colaborativo uma maneira de concretizar boas ideias: o cinema universitário.

Dos quatro projetos de Cinema e Vídeo que entraram no ar no Catarse na semana passada, três são projetos de filmes universitários

Onírica – Realizado pelos alunos do Centro Universitário Senac, o curta conta a história de uma menina que nunca sonhou e faz de tudo para sonhar.

Maquete – É um longa dirigido pelo estudante de Rádio e TV na UFRJ Pedro Capello e tem como enredo a reunião de seis pessoas para montar a maquete de uma cidade, até que uma delas deixa o grupo e o desestabiliza.

O Virundum – É um curta criado por estudantes de audiovisual da Unb.  Francisco Osório é um personagem que tem o tique-nervoso de cantar na hora errada.