Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Histórias de Projetos

Conheça a (outra) ferramenta de tirar ideias do papel

Se o site do Catarse fosse um vocábulo de um dicionário uma possível definição seria: “uma ferramenta para tirar ideias do papel”. Ideias como a plataforma Dicionário Criativo do Felipe Izslaji e o cardgame Cidade Dorme do designer Davi Rodrigues, dois projetos financiados coletivamente por aqui! Quis os caminhos do destino que os dois se encontrassem em uma Oficina de Financiamento Coletivo que realizamos em nossa casinha ano passado. A identificação de ambos “geminianos cheios de projetos na gaveta” foi imediata. O encontro rapidamente rendeu frutos. Em novembro, com as dicas da oficina e a ajuda do Davi, o Felipe emplacou mais uma campanha no Catarse com o pessoal do Primeiro Livro. O projeto que ajudou a publicar mais de 300 livros escritos por alunos de escolas públicas e instituições como a Fundação Casa não seria o único fruto do encontro. Ironicamente, a união das habilidades e desejos dos dois resultou na criação de uma outra ferramenta para tirar ideias do papel: o conjunto de cartas Startupper.me.

decks startupper crowdfunding

Decks de cartas que compõe o Startupper

A principal questão que a iniciativa procura resolver é o desafio de sintetizar o excesso de informação  sobre empreendedorismo — disseminado em livros, revistas, sites e blogs —  em um produto inovador. A ideia inicial do Davi era criar um “Netflix de videoaulas sobre inovação e empreendedorismo”. Seriam convidados nomes de peso para falar sobre as etapas-chave, os principais conceitos e as melhores dicas para tirar uma ideia do papel e transformá-la em uma startup, um negócio social ou mesmo um projeto pessoal e criativo que poderia ser financiado com crowdfunding. O protótipo do site estava saindo do forno quando o Diego, um dos fundadores do Catarse, fez críticas pontuais ao projeto e ajudou a devolver a ideia para a prancheta. Era preciso reformular. O objetivo é ajudar o empreendedor a tirar sua ideia do papel. Uma coisa que os métodos inovadores ensinam é como fazer isso de maneira rápida e barata. Disponibilizar dezenas ou centenas de horas de conteúdo, que justificassem uma assinatura, não ajudaria muito na rapidez. O valor da mensalidade, para cobrir os custos de produção, deveria ser relativamente alto, e diminuiria conforme a plataforma ganhasse escala. Mas o projeto só ganharia escala se tivesse horas e mais horas de conteúdo por um preço acessível. O Startupper, portanto, exigiria um bom investimento inicial. Além disso, por mais que se possa criar videoaulas mais atraentes, será que existe uma carência e, portanto uma demanda, por mais conteúdo sobre o tema? Não, não existe uma carência de conteúdos, mas sim um excesso. O que falta é uma ferramenta simples e intuitiva que organize esse conteúdo em um espaço dimensionável, capaz de manter o essencial em nossas mentes e ao alcance de nossas mãos.

methodkit-crowdfunding

Methodkit, uma das inspirações para o Startupper

Inspirados no gringo MethodKit, a dupla decidiu transformar o “Netflix para empreendedores” em um deck de cartas, desenhado para ajudar a desenvolver ideias, criar estruturas de trabalho e oferecer um overview de qualquer projeto. Uma ferramenta inteligente e tangível que reúne os aspectos-chave para o desenvolvimento de projetos e criação de negócios disruptivos. Além de desenvolver ideias através de cartas de insights, compiladas a partir dos principais livros de negócio, empreendedorismo e inovação. Em cerca de dois meses, Felipe e Davi transformaram os principais conceitos do Business Model Generation em um deck de cartas chamado Essencial. Ao mesmo tempo, em que recorriam às anotações em marca-texto na estante de livros de empreendedorismo e inovação para compilarem e selecionarem os conceitos-chave de livros como Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes, O ponto da virada, Made to stick, De onde vêm as boas ideias, Trabalhe 4 horas por semana, Lean Startup, O poder do hábito e outros. Dessa seleção surgiu um segundo deck, o Insights.

livros crowdfunding empreendedorismo

Alguns dos livros sobre empreendedorismo e inovação que servem de base para o deck Isights

Depois de planejado. O projeto foi testado por nomes reconhecidos no mundo do empreendedorismo, como a autora e palestrante Bel Pesce e o próprio Diego Reeberg. E agora, o Startupper está pronto para vir ao mundo e triar muitas ideias do papel. O modelo de lançamento escolhido? Uma campanha de financiamento coletivo é claro. Ficamos felizes em saber que mais do que uma plataforma para as pessoas financiarem suas ideias, o Catarse se tornou uma comunidade que permite encontros entre criativos de diferentes áreas e um local para o desenvolvimento de iniciativas como o Startupper. Se quiser conhecer melhor as formas de usar o conjunto de cartas e adquirir um deck para você, clique aqui e apoie o projeto