Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Dicas de Campanha

6 dicas para divulgar sua campanha de financiamento coletivo no Facebook

cat-kitty-computer-screen-animal-1920x1080

Já reparou que no seu feed de notícias do Facebook aparecem mais publicações de uns amigos do que de outros? O mesmo acontece com os posts feitos por páginas. O responsável por isso é uma sequência lógica de instruções inseridas na programação da rede social, um algoritmo que leva em consideração a relevância de cada postagem para o usuário com base nas relações mais fortes que ele tem na rede e define quais são as publicações que devem aparecer para no feed. Exemplo: uma foto de gatinho postada pela sua mãe tende a ter mais chances de chegar rapidamente até você do que um post do Catarse.

Um estudo global realizado pela Social@Ogilvy, braço de ações e inteligência em mídias sociais da veterana agência de comunicação Ogilvy & Mather, afirma que apenas 6% dos fãs de uma página são alcançados a cada publicação. E no Brasil a situação é ainda pior: aqui a chamada “taxa de alcance” é de míseros 4,68%. Isso significa que, se você tem uma página com 10 mil fãs no Facebook, fazer uma publicação chegar ao menos a mil deles já vai exigir um boa dose de planejamento e capricho na produção do conteúdo.

Com o aumento do número de interações e a constante diminuição da taxa de alcance, o feed de notícias se tornou um lugar disputadíssimo. E caso você não queira gastar para impulsionar um post patrocinado, fazer com que ele chegue a mais pessoas, prepare-se para entrar em um briga de foice contra as publicações de todos os amigos e mães dos seus fãs. Isso sem contabilizar o que é publicado nos grupos que eles participam e nas outras páginas que eles curtem. É preciso saber usar a rede social a seu favor. Veja algumas dicas de como tirar o máximo de proveito do Facebook:

Pré-campanha – Muitos realizadores só criam uma página para o seu projeto após o inicio do financiamento coletivo. Essa é uma estratégia equivocada. Começar uma página do zero e conseguir um bom número curtidas nela, não é das tarefas mais fáceis. Crie e agite a página antecipadamente, crie uma base sólida de fãs e aqueça o lançamento da sua campanha. Quando a campanha for iniciada, já tenha planejado uma sequência de ações que vai realizar para manter a página ativa e qual a periodicidade das principais postagens. Avalie inclusive se é necessário criar uma página.

Conteúdo relevante – Estude bem o seu público e concentre seus esforços na criação de publicações atraentes para ele. Não adianta sempre postar somente os mesmos pedidos de apoio. Prepare novidades sobre o andamento da campanha e do desenvolvimento do projeto. Além de não saturar o seu público com a mesma mensagem você ainda vai aumentar a expectativa de todos para que o projeto atinja a meta.

Muitos compartilhamentos – Conte com a força de sua rede. Quanto mais gente compartilhando conteúdos relativos ao seu projeto, mais chance das pessoas chegarem até a sua página do Catarse e realizarem um apoio. Segundo nossa experiência, pessoas mais distantes do realizador geralmente só visitam a página do projeto quando ouvem falar dele pela terceira vez por fontes diferentes. Conte com seus amigos, aliados e parceiros! Eles podem multiplicar o alcance das suas postagens! Mapeie sua rede e ache um grupo de pessoas que dará força de divulgação ao projeto. Converse com outras fanpages que trabalham o tema. E sempre tente eliminar o trabalho para que esses compartilhamentos aconteçam. Se necessário, faça como o projeto Coletividad e já prepare opções de textos para quem for compartilhar a página do projeto.

Incentive o compartilhamento e já prepare os textos para quem for compartilhar o seu projeto.

Incentive o compartilhamento e já prepare os textos para quem for compartilhar o seu projeto.

Evento – Crie um evento no Facebook para divulgar a sua campanha. Reproduza as principais informações na descrição, convide a todos que puder e coloque a data de encerramento do evento coincidindo com o último dia da sua campanha. A vantagem é que o Facebook envia uma notificação a todos os usuários que confirmaram presença sempre que o organizador realizar uma publicação no evento, uma forma muito mais efetiva de fazer seu conteúdo chegar aos potenciais realizadores.

Grupos – São uma importante ferramenta na construção de uma rede antes e durante a sua campanha. Não importa qual o tema do seu projeto, é provável que tenha um grupo no Facebook que debata o assunto. Divulgue seu projeto nele, mas não apenas solte o link por lá e peça apoio. Participe daquela comunidade, debata o seu projeto, colete opiniões e transforme os membros em aliados na realização do seu sonho. Se quiser inspiração, veja como os projetos de jogos de tabuleiros conseguem mobilizar dezenas de apoios através do grupo Boardgames Brasil.

Seu perfil – Na ausência de uma página consistente, não menospreze o poder comunicacional do seu perfil. Fale sobre a sua campanha por lá e coloque o seu perfil a disposição para adicionar e conversar com interessados em apoiar o seu projeto. Também convoque os seus amigos através pedidos carinhosos e pessoais enviados de maneira direta através do chat do Facebook. Nunca é demais lembrar que é preciso sensibilidade para estabelecer limites sobre até onde você pode ir com sua divulgação. Isso vale para todas as dicas acima. Afinal, a ideia é que as pessoas curtam seu conteúdo, e não passem a evitá-lo.

Ficou com alguma dúvida? Quer discutir alguma das dicas? Deixe seus questionamentos e sugestões ai nos comentários para batermos um papo.