Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Browsing Category Histórias de Projetos

Dados / Geral / Histórias de Projetos / Novidades Catarse

Em 2019, completamos 8 anos de existência.

Percorremos essa trajetória sem investidores, pois desejávamos nos entregar a essa busca por uma sustentabilidade independente, que parte de nosso interior e se energiza com aqueles que estão conosco.

Existem outros modelos para a busca de sustentabilidade que se apoiam na publicidade, investidores ou parcerias com empresas grandes. Não seguimos nenhum desses até aqui. Fizemos essa opção conscientemente e o caminho nos definiu, formou quem somos.

Caminhamos aprendendo, errando e acertando durante o trajeto. Acertamos mais que erramos. Mas erramos muito também. Empreender sem capital é saber buscar soluções e estar a todo tempo se colocando em movimento.

Movimento.

É ele a resposta para quando precisamos agir. É ele a força que nos tira da inércia, daquilo que se encontra parado, estagnado, sem novas perspectivas. Costumamos dizer que em 2011, quando trouxemos a cultura do financiamento coletivo para o Brasil, junto com outros empreendedores e empreendedoras que seguem até hoje nessa mesma caminhada, não criamos empresas, iniciamos um movimento.

Inúmeras conexões surgiram a partir disso. Perdemos a conta de quantas coisas fantásticas vimos serem feitas. Nós mudamos, junto com todas as plataformas que atuam reunindo pessoas que desejam realizar feitos incríveis, a cara da viabilização de projetos no país. O Catarse e todas as iniciativas de crowdfunding brasileiras trabalharam para colocar nas mãos da sociedade a capacidade de agir.

Agir de uma maneira conjunta, coletiva, conectada, onde as pessoas se apoiam umas nas outras.

Em 2019, agir se tornará mais importante do que nunca.

Que todos tenhamos sabedoria para reconhecer que não existem soluções mágicas, para que não caiamos em polarizações que geram rachaduras irreparáveis. Precisamos nos conectar com uma política mais próxima, local, com ares mais comunitários e que seja realmente transformadora, que melhore a vida das pessoas. Que saibamos ser firmes, valentes e fortes, mas sem perder de vista que palavras poderosas como empatia, respeito, escuta, diversidade e amor realmente precisam apontar as direções.

Que o nosso propósito seja a busca de soluções, e não o cultivo do ódio ou do revanchismo.

Nos ponhamos em movimento, pois a estrada será longa.

É a força propulsora da utopia que nos mantém caminhando.

Com amor,
Catarse.

Conheça as histórias, projetos incríveis, números e curiosidades do ano de 2018 nessa página especial que preparamos:

fb-header

Geral / Histórias de Projetos

Quais imagens construíram a sua visão de mundo?

Por Guilherme Cunha, idealizador do projeto Retratistas do Morro

O projeto Retratistas do Morro começou há cerca de três anos, a partir da convivência e pesquisa dos acervos fotográficos dos moradores da comunidade do Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte. O trabalho foi motivado pela intenção de conhecer as memória imagéticas daquela população, pois apesar de não estarem “oficialmente” conectadas à história da capital mineira, essas imagens são parte fundamental do cotidiano das metrópoles brasileiras.

A primeira parte do projeto resultou na publicação “Memórias da Vila – Histórias dos Moradores da Comunidade da Serra”, um dos projetos vencedores do XIII Prêmio FUNARTE Marc Ferrez de Fotografia. Durante a produção desse livro, Continue reading

Geral / Histórias de Projetos

100 Mulheres Cabulosas: feminismo e história

Por Fernanda Maria e Isis Medeiros

Produzido por mulheres do movimento social Levante Popular da Juventude, o projeto de releituras fotográficas 100 Mulheres Cabulosas da História resgata personalidades femininas que marcaram a história no Brasil e em diversos lugares no mundo. A iniciativa não se restringe a figuras conhecidas, mas propõe dar visibilidade àquelas que foram fundamentais para a história mundial e não tiveram seu merecido destaque.

São interpretadas mulheres como Anne Frank, Elis Regina, Frida Kahlo, Pagu, Maria Bonita, Nina Simone, Valentina Tereskova, a primeira mulher a viajar no espaço, e Margaret Hamilton, mulher que programou a missão tripulada à Lua.

Continue reading

Geral / Histórias de Projetos

Transparência: Como estamos ajudando o projeto Rede Contra Fogo na Chapada dos Veadeiros

O Projeto Rede Contra Fogo está em parceria com o Catarse para que possamos juntos facilitar a arrecadação de fundos para combater as queimadas na Chapada dos Veadeiros.

É uma honra e grande aprendizado fazer parte dessa ação. Queremos ressaltar o quanto admiramos as pessoas que estão se dedicando ao combate às queimadas.

Por prezarmos pela transparência e pelo respeito em relação às nossas regras, listamos abaixo quais exceções estão sendo aplicadas e o que estamos fazendo para auxiliar o projeto Rede Contra Fogo.

Continue reading

Geral / Histórias de Projetos

Você decide, Nós investigamos

Por Natalia Viana, codiretora da Agência Pública

Em 2015, quando publicamos a reportagem “A Nova Roupa da Direita”, recebemos centenas de leitores recém-chegados à nossa página do Facebook, ainda incrédulos com as revelações. Seguindo a trilha do dinheiro, a nossa diretora de redação Marina Amaral descobriu que grupos que na época capitaneavam os protestos pelo impeachment de Dilma Rousseff se dizendo “indignados” com a corrupção, como o MBL, foram gestados por think tanks de ultradireita dos Estados Unidos.

Um deles quis desmerecer o trabalho de investigação, perguntando: afinal, QUEM financia a Agência Pública, a primeira agência de jornalismo investigativo do Brasil?

Continue reading