Financiamento coletivo no Brasil – Blog do Catarse

Geral / Histórias de Projetos / Mundo Crowd

Tormenta 20 bate recorde histórico de financiamento coletivo no Brasil

O que aconteceu no dia 25/06/2019 foi algo muito aguardado no Catarse. Foram 8 anos, 5 meses e 9 dias desde o lançamento da plataforma até o dia em que pudemos vibrar intensamente e presenciar, pela primeira vez, um projeto ultrapassando a marca de 1 milhão de reais arrecadados. Um dia depois, no dia 26/07/2019, o projeto Tormenta 20 tornou-se também a maior captação brasileira em plataformas de financiamento coletivo de recompensas da história.

Com R$ 1.113.727 captados até o momento de redação deste post e faltando ainda alguns dias até o fim da campanha, o projeto pode ampliar ainda mais a distância para o recorde anterior, de R$ 1.081.176,00 captados pelo projeto QueerMuseum.

Mas todos os números no Catarse são também sinais de gente se aglomerando. Essas marcas atingidas só são possíveis porque mais de 3500 pessoas acreditaram e apoiaram financeiramente a proposta do time da Jambô Editora, realizadora do projeto. E no caso do Tormenta 20, acreditar na proposta tem a ver com todo o trabalho consistente de criação de um universo que já dura duas décadas.

Em maio de 1999, Marcelo Cassaro, Rogério Saladino e J. M. Trevisan editavam a Dragão Brasil, a maior revista de RPG do país, que é publicada até os dias de hoje (tendo mudado das bancas para a internet). Na época, para comemorar a edição 50 da revista, eles decidiram selecionar materiais diversos que haviam sido publicados, reuní-los em um único mundo de ficção e publicar em um encarte simples. Nascia o Tormenta, que viria a ser publicado por vinte anos ininterruptos e conquistaria dezenas de milhares de fãs. A campanha no Catarse é o capítulo mais recente dessa aventura.

Acreditamos que uma das funções do Catarse é reunir e fortalecer comunidades, concentrando pessoas interessadas em trazer projetos ao mundo.

JM Trevisan, um dos criadores do Tormenta, foi em cheio nesse tuíte:

Screenshot 2019-06-27 17.10.12

A premissa de Trevisan está corretíssima e Tormenta 20 se torna ainda mais poderoso quando você enxerga pela ótica das pessoas e não somente pela da arrecadação. Tormenta trouxe gente que nunca tinha apoiado projetos no Catarse. Parte delas voltará para apoiar outros projetos e, quem sabe, atrair mais gente. Essas pessoas agora poderão ter contato com mais realizadoras e realizadores que utilizam o Catarse para seus trabalhos. Esse é um dos principais benefícios de se estar em uma plataforma de financiamento coletivo: com um bom planejamento e dedicação, você pode desfrutar de uma rede ampla, constituída pela soma dos esforços de diversos projetos que já passaram por ela. Esse efeito de rede é benéfico e quanto mais pessoas reunidas no ecossistema, mais oportunidades tendem a surgir. Pra nós é bonito demais ver comunidades ganhando força, se diversificando e colaborando.

É mais crowd do que funding. Mais do que um recorde, estamos comemorando juntos um marco construído por uma comunidade engajada, que demonstrou vibração e atestou: o RPG autoral brasileiro está aí e demonstra força com o feito da Jambô e de todas as  pessoas que apoiaram e divulgaram o projeto Tormenta. Para a equipe do Catarse, fica o orgulho e o enorme prazer de hospedar esse projeto, que agora faz parte indiscutível de nossa história. A nossa grande comemoração é poder ler coisas assim, ó:

Screenshot 2019-06-27 17.12.39

Screenshot 2019-06-27 17.13.43

Screenshot 2019-06-27 17.15.33Screenshot 2019-06-27 17.16.04