Catarse no Festival de Idéias

“Uma idéia que é desenvolvida e posta em ação é mais importante que uma idéia que apenas existe como idéia.”

Com esta frase, o príncipe Hindu Gautama Siddharta, mais conhecido como Buda, explica o valor que materializar uma idéia carrega. O cerne desta frase, sua mensagem fundamental, foi o combustível que incendiou a Cinemateca Brasileira, palco da primeira edição do Festival de Idéias (FDI), promovido pelo Centro Ruth Cardoso, em São Paulo, durante os dias 20 e 21 de setembro.

crédito: Gui Tamburus/AlfaSol

Foi uma profusão de criatividade e pessoas trabalhando. Um clima de colaboração invadiu a Cinemateca e os 20 representantes das idéias selecionadas se misturaram aos mais de 30 voluntários, de diversas áreas e expertises, para juntos evoluírem cada uma das idéias coletivamente. Ao final dos dois dias de trabalho, todos deveriam apresentar um projeto formatado, um vídeo e apresentar sua idéias, já com as modificações decorrentes da experiência no Festival.

crédito: Gui Tamburus/AlfaSol

Três idéias seriam selecionadas pela comissão julgadora, e receberiam R$ 10.000 cada uma. Na última hora o representante da Vivo, parceira do Festival de Idéias, decidiu ampliar a premiação, e todas as outras idéias não selecionadas entre as 3 receberiam 2 mil reais como um incentivo para o processo de mobilização de recursos que ocorre no Catarse neste momento.

Confere aí embaixo um vídeozinho que fizemos sobre o FDI, e visita lá o Canal Catártico do Festival de Idéias. Se gostar de algo, ajuda divulgando, apoiando, contribuindo ou mandando energia positiva… E faça como o Buda - e como o Catarse - sempre prefira as idéias que saem do papel.

Rodrigo Maia

@rmaiafoto
Catarse
A comunidade de financiamento coletivo mais charmosa do Brasil! Desde 17 de janeiro de 2011 contribuimos para que, cada vez mais, um monte de projetos fabulosos possam acontecer no Brasil e no mundo.

Talvez você se interesse...

Junte-se à conversa